A Estação


A Estação

Por Robert J. hastings

Inserido em nosso subconsciente está uma visão idílica.
Nos vemos em uma longa, longa viagem que quase cruza todo o continente.
Estamos viajando em um trem de passageiros, e enquanto bebemos, as cenas de carros nas rodovias próximas, das crianças abanando no cruzamento, do gado ruminando nos morros distantes, a fumaça saindo de uma fábrica distante, canteiros e canteiros de milho e trigo, de pradarias e vales, de montanhas e colinas roliças, de arranha-céus nas cidades e casas nos vilarejos, de invernos rigorosos a verões flamejantes, folgosas primaveras e doces outonos, passam do outro lado das janelas.

Mas dentro de nossas mentes está o brilhante destino final.

Em um certo dia, à uma certa hora nós chegaremos na estação.

Haverão bandas tocando e bandeiras abanando.

E quando chegarmos lá quantos sonhos maravilhosos se tornarão realidade.

Quantos desejos se realizarão e quantos pedaços de nossas vidas finalmente se encaixarão como em um quebra-cabeça.

Como caminhamos ansiosamente nos corredores, praguejando pelos minutos ociosos, esperando, esperando, esperando pela estação.

Todavia, mais cedo ou mais tarde nos damos conta que não existe nenhuma estação, nenhum lugar para se chegar.

O verdadeiro prazer da vida está na viagem.
A estação é somente um sonho.
Ela constantemente se afasta de nós.

Quando nós chegarmos na estação, É isso! Gritaremos.

Traduzindo "isso" quer dizer:

Quando tiver 18 anos, É isso!”
Quando eu comprar o novo 450SL Mercedes Benz, aí será isso!”
Quando o meu último filho chegar à faculdade, aí será isso!”
Quando eu pagar a casa, aí será isso!”
Quando chegar a aposentadoria, aí sim será isso!”
Então viverei feliz para sempre!”

Infelizmente, uma vez conseguindo o “isso” ele desaparece.
A estação de alguma forma se esconde, no final dos trilhos sem fim.

Transformar o momento em uma relíquia” é um bom lema, especialmente quando combinado com o Salmo 118:24 “Este é o dia que o SENHOR fez; regozijemo-nos e alegremo-nos nele.” 

Não é a carga de hoje que leva os homens à loucura. 
Mais provavel, que seja o remorso de ontem ou o medo do amanhã. O remorso e o medo são ladrões gêmeos que nos roubam o hoje.

Então, pare de caminhar de cima para baixo contanto as milhas.

Ao contrário, escale mais montanhas, coma mais sorvete, ande descalço com mais frequência, nade mais em rios, olhe o por do sol, ria mais e chore menos.

A vida deve ser vivida enquanto passa.

A estação chegará na hora certa!





Tradução livre de nossa Jornada de Amor

.

0 comentarios:

ASSISTA AQUI VÍDEOS IMPORTANTES

Para despertarmos para a realidade de quem somos, qual mundo vivemos e quem puxa as cordas dos marionetes que habitam a terra ....trago aqui alguns vídeos.
Estarei sempre adicionando algo novo para vocês...

Enjoy!

IGNIÇÃO DE JÚPITER

ALÉM DO CIDADÃO KANE

O CHAMADO - THE CALLING

QUEM É VOCÊ? - Escolha o idioma

MENSAGEM PARA A HUMANIDADE

MAPA DO BLOG

Arquivo do blog

PESQUISE O BLOG

CONTATO


nossajornadadeamor@gmail.com

AMIGOS DO BLOG

Real Time Analytics